Segunda-feira, 17 de Dezembro de 2007

Associação SOL- o Sol é para todos!

Meus amigos! Estou hoje satisfeito. Muito satisfeito.

Apetece-me falar de Sol...

A Associação Sol, Instituição única em Portugal no apoio às crianças infectadas e afectas pelo vírus do HIV/SIDA, faz hoje 15 anos.

15 anos de muita persistência, muita luta, alguma incompreensão mas, fundamentalmente, muito amor e muita solidariedade , que possibilitaram a esta Associação criar um espaço próprio no contexto da solidariedade nacional. Um espaço  de  apoio e de integração social de criança e jovens,  desenvolvendo um projecto de vida para dezenas de crianças que, de outro modo, certamente desconheceriam o significado da palavra amor, da palavra família .

Por isso, não  posso deixar de felicitar emocionado alguém que , ao longo destes anos, melhor personifica o espírito da Associação e melhor corporiza o seu projecto. A Drª Teresa d´Almeida , sua Presidente.

Mas não é possível esquecer todos os demais colaboradores da\Associação , bem como todos aqueles que ao longo dos anos, sejam empresas ou cidadão ajudaram a consolidar este projecto.

Pena é que até agora este projecto se encontre limitado por uma coisa tão simples como é o espaço físico onde as crianças se acolhem. E, por essa razão, muitas mais seguramente não têm acesso , como merecem, a este projecto.

Uma nova Casa Sol? Porque não? É tempo, após 15 anos de vida, de permitir que muitas mais crianças tenham acesso a este projecto. Demos as mãos e avancemos nesse propósito.

Uma palavra final: visitem o novo site da Associação em www.sol-criancas.pt   oferecido a esta pela Presidência da Republica.

Vale a pena.

 

publicado por pracana às 21:14
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 16 de Dezembro de 2007

Parabéns, Sr. Procurador Geral da República

Todos temos vindo a assistir a uma inusitada violência nas noites do Porto. Não uma qualquer violência urbana. Uma violência dirigida, sectorizada,  só possível na ausência de um controlo efectivo da segurança, por parte de quem tem o dever de a assegurar. As policias!

Uma violência inexplicável. Ou  talvez não...

Por razões mal explicadas as policias não intervinham, os processos não andavam, arguidos não existiam, embora suspeitos, pelo que se dizia, fossem mais que muitos.

 

Perante tamanha inoperância , viu-se a Procuradoria Geral da República obrigada a vir à luta por forma a garantir a todos nós que o crime não compensa, porque não compensa mesmo!

Face a esta intervenção , consubstanciada na nomeação de uma equipa especial dirigida por uma grande Procuradora,  com quem há anos tive o prazer de trabalhar na Comarca de Torres Novas - e a quem daqui cumprimento - a Drª Helena  Fazenda, aqui d'el-rei .

Ingerência, gritam uns.

Humilhação, protestam outros.

Demissão,  ameaçam ainda alguns.

Bom, que o façam. É que, só agora e face à nomeação de tal equipa, em menos de 48h00 existem 6 detidos, 30 acções de busca a residências, e o mais que se verá.

 

A segurança de todos nós não pode compadecer-se com equívocos , com charadas ou com o vazio. A nossa segurança não pode depender sempre da intervenção da Procuradoria Geral da República ou da constituição de equipas especiais para fazerem aquilo que às  policias cabe.

Ficou aqui claro que se foi possível às policias lançarem em 48h00 uma operação desta envergadura é porque já dispunham de elementos suficientes para tal.

A ser assim, porque não intervieram anteriormente?

 

Parece , pois,  que as laboriosas gentes do Porto poderão passar um Natal mais sossegado. É o que se deseja. Para eles e para todos vós.

 

publicado por pracana às 14:27
link do post | comentar | favorito
Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Ainda o Dalai Lama...

Oh, Rui!!!  Devemos  ter esperança, pois como dizia o poeta "o sonho comanda a vida". E já agora , porque não meditar um pouco na pequena história que passo a contar:

Perguntaram ao Dalai Lama:
- O que mais te surpreende na Humanidade?
E ele respondeu:
- Os homens... Porque perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro, esquecem do presente de tal forma que acabam por não viver nem o presente nem o futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido.

publicado por pracana às 09:54
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 8 de Dezembro de 2007

Dalai Lama , SIM! Mugabe, NÃO!

Ao ver ontem os Chefes de Estado , acabados de chegar a Lisboa, serem recebidos com honras militares e grande pompa não pude deixar de me recordar da forma como, recentemente, um grande Homem, foi recebido em Lisboa. Ou melhor, não foi recebido...Falo do Dalai Lama.

O Dalai Lama, Homem simples, mas de grande valor tem um "defeito". É o chefe espiritual de milhões de tibetanos e, na ausência de um chefe politico para o Tibete, região anexada pelas autoridades comunistas da China , representa-os também na cena politica internacional.

Ah! Tem ainda um outro "defeito". Insiste em defender os direitos humanos e a autonomia do Tibete.

Terão sido estes os "defeitos" que levaram a que Dalai Lama não tivesse sido recebido oficialmente em Portugal.

É pena! E como português não posso deixar de  lamentar essa subserviência aos interesses chineses, ainda que isso implique , lamentavelmente, ostracizar um Homem com a dimensão humana de Dalai Lama.

Isto ocorre-me ao ver ontem a recepção dada ao Sr. Mugabe  , ao Sr. Omar Bongo ou  ao Sr. Kadhafi .

Receber tais homens  com honras oficiais é acto difícil de explicar. Alimentará o ego de tais ditadores. Alimentará talvez a ideia do "politicamente correcto".Mas em nada contribuirá para melhorar a qualidade de vida dos seus povos ou instalar um regime respeitador da liberdade nos seus países.

Quando , ontem, o Sr. Presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso procurava explicar a razão de "estarem" com tais homens cuja companhia a sua mãe não aconselharia ( palavras do próprio) com o facto de não poderem cortar com a realidade humana dos povos comandados por tais pessoas, não pude deixar de sorrir. É que a história já demonstrou , mais do que uma vez , que  contemporizar com pessoas do calibre destes pseudo chefes de estado só os reforça e em nada beneficia os seus povos ou um Mundo, que se pretende melhor.

Afinal, entre os "defeitos" do Dalai Lama e as "qualidades" destes ditadores existe uma grande distância. A distância das conveniências e uma real incapacidade para entender o que é essencial.

 

publicado por pracana às 09:04
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 2 de Dezembro de 2007

Felizmente há bom senso!

Acabo de saber que o Ministério da Cultura sempre  exerceu o direito de preferência na aquisição do quadro de Giovanni Pietolo .

Ainda bem!

Mas a Sr.ª Ministra, ufana, veio dizer que tal tinha sido possível porque existia dinheiro disponível relativo à  indemnização de  € 6 000 000,00 recebidos como compensação pelo roubo de um conjunto de peças únicas do nosso património , há anos atrás.

Fraca justificação, esta, pois permite-nos concluir que sem essa "benesse" o Ministério da Cultura não tinha aberto os cordões à bolsa.

Estranho país este, estranhos governantes estes que se dão por satisfeitos pelo facto do desaparecimento de umas peças e consequente indemnização recebida ter permitido adquirir uma outra!!!

 

Já que falamos de bom senso...

Na passada sexta-feira a Ordem dos Advogados elegeu novos membros para todos os seus órgãos, a saber, Conselhos Distritais, Conselho Geral e Bastonário, Conselho Superior e Caixa de Previdência.

Ora, em resultado da votação  três dos seus  órgãos  passaram a ser  ocupados por membros de listas concorrentes e que , em período pré-eleitoral, se posicionaram de forma distinta perante os desafios que se colocam ao exercício da  profissão e perante a forma  como as reformas na justiça têm vindo a ser implementadas.

Como será , no futuro, a   coexistência entre um Bastonário com as características do Dr. Marinho, um Presidente do Conselho Superior como o Dr. José António Barreiros e um Presidente do Conselho Distrital de Lisboa ( o maior de todos os Conselhos),  como o Dr. Carlos Pinto de Abreu?

Espera-se, deseja-se, exige-se pelo menos bom senso...

De todo o modo, os meus parabéns a todos e que consigam desenvolver um bom trabalho, tendo em conta que a Justiça é um dos pilares fundamentais do Estado de Direito e que ultimamente tão maltratada tem sido.

Porque, se os Tribunais julgam os Homens, estes não deixarão de julgar os Tribunais!

 

música: One last chance
publicado por pracana às 15:02
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

.pesquisar

 

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30

.posts recentes

. E o "25 de Abril" também ...

. Natal de outrora!

. Passagem para a "outra ma...

. Uma passagem pedonal em Q...

. Bastonário , procura-se!

. Oeiras ou a Imaginação ao...

. Dr. Lopes da Mota, DEMIT...

. Comemorar o 35 de Abril?

. RAMALHO EANES: coerência ...

. A HONRA OU A VIDA?

.arquivos

. Abril 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds